Blow up, 2002/2006.

BLOW UP, 2002/06.

Trata-se de um projeto imaginado em diferentes escalas e adaptável a diversos contextos expositivos. Podendo  ser um campo de jogo, uma praça pública ou um simples lugar. Vários objetos compõem este espaço imaginário: bancos de praça, a miniatura de uma quadra de tênis, a miniatura de uma mesa de Ping-Pong , grama artificial, bolinhas de cristal  e fotografias. Há também um som difuso no espaço, que marca o ritmo de uma bolinha de tênis indo e vindo. Os vários elementos que pertencem a contextos privados ou públicos, na instalação acham um dialogo, alternando-se em um jogo enigmático de simulação da realidade em cujo silêncio, incerteza e incomunicabilidade coexistem em uma homenagem ao cineasta Michelangelo Antonioni.

 

Galeria Laura Marsiaj, RJ. 2006.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s